DECO vai integrar Gabinete Social do Imaculado

A Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria prepara-se para celebrar um protocolo de cooperação com a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor – DECO, a principal associação em Portugal na defesa dos direitos dos consumidores.

Através deste protocolo, os residentes no Imaculado Coração de Maria beneficiarão gratuitamente dos serviços prestados pela DECO, associação fundada em 1974 e que conta já com mais de 370 mil associados em todo o país.

Junta do Imaculado Coração de Maria e DECO vão unir-se em prol de cidadãos mais informados, esclarecidos, conscientes e capacitados na defesa dos seus direitos, visando uma economia mais inovadora e competitiva, bem como uma sociedade mais justa e sustentável.

O protocolo, a celebrar em breve, visa o desenvolvimento local dos consumidores do Funchal, em particular os do Imaculado Coração de Maria, através de projetos conjuntos no âmbito da informação, representação e formação dos consumidores.

Para cumprir esse desiderato, as entidades colaborarão, entre si, num Serviço de Apoio ao Consumidor bem como na implementação e desenvolvimento do Balcão de Habitação e Energia ao Consumidor, e ainda no Gabinete de Proteção Financeira.

Todos estes serviços serão prestados no Gabinete Social da Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria, onde a DECO estará presente uma vez por semana, estando ainda previstas ações educativas e informativas para a comunidade ou em contexto escolar sobre matérias de consumo.

Ambas as entidades comprometem-se também a atuar conjuntamente em vários temas e áreas de interesse para os consumidores locais, tais como justiça, águas e resíduos, alimentação, comunicações eletrónicas, digital, mobilidade e transportes, saúde, serviços financeiros, sustentabilidade, turismo e publicidade.

Todos os consumidores do Funchal poderão assim beneficiar deste importante serviço de apoio, embora a sua prestação seja gratuita exclusivamente para aqueles que residem na freguesia do Imaculado Coração de Maria.

O presidente da Junta do Imaculado, Pedro Araújo, salienta a pertinência deste protocolo, “num momento difícil para os consumidores, devido à inflação, mas também de importantes mudanças, provocadas pela transição energética e digital”.

81

You may also like