Orçamento aprovado sem votos contra

O orçamento proposto pelo executivo da Junta do Imaculado Coração de Maria foi aprovado sem qualquer voto contra na sessão ordinária da Assembleia de Freguesia, realizada na noite desta quinta-feira.

Na apresentação do orçamento, o presidente da Junta, Pedro Araújo, realçou o facto “do orçamento de 2023 depender mais das receitas provenientes da Câmara Municipal do Funchal do que do que do próprio Estado, algo que resulta do contrato interadministrativo recentemente negociado”.

Relativamente à despesa, o presidente destacou que “este orçamento continua a dar prioridade às questões relevantes da freguesia, nomeadamente o investimento, a manutenção do espaço público, o apoio às famílias, à promoção das atividades e o apoio às instituições”.

Nesta sessão ordinária da Assembleia de Freguesia, foi também apreciada a informação escrita do presidente da Junta sobre a atividade realizada entre 16 de setembro e 15 de dezembro, onde foi realçada a criação da Universidade Sénior e a implementação do Kit do Bebé do Imaculado.

No período antes da ordem do dia, foi votada por unanimidade e aclamação um voto de louvor, proposto pelo PS, à coordenadora técnica da Junta, Teresa Patrício, recentemente homenageada publicamente pelo executivo PSD/CDS na comemoração do 67.º aniversário da freguesia.

Neste período, foi ainda rejeitada uma proposta do PS relacionada com a implementação da polícia municipal, com a Coligação Funchal Sempre à Frente a referir que a mesma “transcende as competências da freguesia”, para além “desta Polícia já ter sido chumbada na Assembleia Municipal”.

No final da sessão, o presidente Pedro Araújo convidou todos os membros da Assembleia de Freguesia para um beberete de final de ano, durante o qual foram trocados votos de um feliz ano de 2023, com muita saúde pessoal, e sucessos coletivos para a freguesia!

90

You may also like