Orçamento da Junta aprovado sem votos contra

O primeiro orçamento do novo executivo da Junta de Freguesia do Imaculado Coração de Maria foi aprovado sem qualquer voto contra dos partidos representados na Assembleia de Freguesia, que se reuniram esta terça-feira. Depois da primeira sessão, realizada no dia da tomada de posse do novo executivo, foi a primeira vez que o órgão deliberativo da freguesia se reuniu, cumprindo assim o disposto na legislação.

A apreciação e votação do orçamento da Junta de Freguesia para o ano 2022 era um dos pontos importantes da ordem de trabalhos, acabando a mesma por ser aprovada sem qualquer voto contra. O orçamento contou com a votação favorável da Coligação Funchal Sempre à Frente, representada pelo PSD e CDS, enquanto os restantes partidos, nomeadamente o Partido Socialista (PS) e o Bloco de Esquerda abstiveram-se.

O presidente da Junta de Freguesia, Pedro Araújo, considera que “esta aprovação sem qualquer voto contra é o reconhecimento unânime quanto às prioridades assumidas por este executivo neste primeiro ano do seu mandato”. Segundo o autarca, “trata-se de um orçamento que contempla já alguns dos importantes compromissos assumidos durante a campanha e que prioriza o apoio direto às pessoas e às instituições da freguesia”.

De realçar também a aprovação por unanimidade da proposta da Junta de Freguesia de isentar os antigos combatentes e respectivas viúvas do pagamento de atestados, certidões e outros documentos cuja emissão seja da sua competência. A deliberação do executivo, na sequência do protocolo assinado entre a Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional e a ANAFRE, no âmbito do Estatuto do Antigo Combatente, foi assim ratificada pelo órgão deliberativo.

124